No Banner to display

TSE cede a pressão e desconvida missão europeia para acompanhar eleições

Presidente pressionou para Tribunal não ter apoio e deixar de trazer delegação. Outras missões internacionais estarão no país para acompanhar o pleito

blog da Andréia Sadi apurou que pressão feita pelo presidente Jair Bolsonaro fez com que o Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, alegasse “objeções” para não apoiar um convite oficial do Tribunal Superior Eleitoral à União Europeia.

O Tribunal negociava um convite para uma missão atuar como observadora do pleito deste ano. Houve até conversas para alinhar os interesses, mas, sem apoio do ministério, responsável por cuidar dos interesses do país com outros governos, o tribunal recuou.

Nos bastidores, integrantes do TSE se mostraram surpreendidos com o posicionamento. Entendem que Bolsonaro não quer integrantes da União Europeia no país.

Participe do nosso grupo no whatsapp e receba mais matérias como esta, clicando aqui.

Ao blog da Andréia Sadi, o TSE confirmou missões da Organização dos Estados Americanos (OEA), do Parlamento do Mercosul (Parlasul) e da Rede Eleitoral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

%d blogueiros gostam disto: